Como as emoções do empreendedor impedem o crescimento

Os desafios que surgem na vida do empreendedor podem trazer fortes emoções negativas. Estas, podem interferir diretamente em suas decisões, atrapalhando o andamento da empresa.

Muitos empreendedores pensam que não nasceram para ter esse tipo de negócio. Porque, as dificuldades parecem ser esmagadoras e sentem que não conseguem sair do lugar. O empreendedorismo é difícil, a mente precisa estar preparada para lidar com ele.

O maior desafio do empreendedor não é o mercado, como alguns podem pensar. Mas, sim suas emoções! A forma como pensamos, guia nossos passos. Veja aqui, quais emoções estão te levando para o caminho errado.

Medos e ansiedade

Algumas pessoas já começam a sua empresa pensando em como ela vai falir. A crença de crença de fracasso é bastante presente. Assim, ela aparece quando a pessoa tenta sem tentar realmente.

Com ela, o empreendedor começa o negócio mas não mergulha nele. Começa e trabalha, pensando em um plano B. Desta forma, pode ter até mais um emprego consecutivo ou mais um plano profissional separado.

O medo de falhar é tão grande, que algumas pessoas podem evitar uma publicidade forte. Porque, elas pensam que vai passar muita vergonha quando fechar as portas. Por isso, não investem muito em marketing e esperam que as pessoas descubram e valorizem seu trabalho.

Tem empreendedor que não confia na própria decisão, fazendo tudo com insegurança e sempre pronto para desistir das suas ideias. Também, vivem pedindo a opinião de outras pessoas, até mesmo de pessoas que nunca tiveram negócio próprio.

Frustrações e impaciência

Alguns empreendedores entram neste modelo de negócio acreditando em um crescimento linear e frequente. Eles sabiam que não seria fácil, mas também não imaginavam que seria tão difícil assim.

A realidade com a qual se deparam pode ser esmagadora.  O crescimento não é apenas lento, por vezes nem existe. Assim, a angústia e a frustração tomam conta.

Com impaciência para crescer, tomam decisões sem pensar. Como se diz popularmente, atiram para todos os lados. Fazem parcerias com qualquer um, aceitam vender por pouco lucro, criam promoções de forma desesperada.

A ansiedade para executar faz com que se esqueçam de planejar e repensar o seu negócio. Desta forma, agem por impulso e quando fazem algo que poderia ser promissor, não é bem executado.

Orgulho

Diferente do empreendedor inseguro, o empreendedor orgulhoso não aceita receber feedbacks de ninguém, nem mesmo de empreendedores experientes. Por isso, quando ele recebe uma nova ideia, está pronto para atacá-la.

Um negócio é criado com base nas nossas expectativas. Com o tempo, a vida real vai se mostrando e alterações precisarão ser feitas. Entretanto, o empreendedor orgulho escolhe lutar contra a realidade, culpando o público, o Estado ou a região pelo seu fracasso.

Reformular o negócio é necessário. É preciso entender que o empreendedor tem chefe, o chefe são todas as pessoas que compram dele. Por isso, se essas pessoas não estão satisfeitas ou nem se aproximam mais, mudanças precisam ser tomadas.

Preguiça

Muitas pessoas dizem “vou ter meu próprio negócio, seu meu próprio chefe, para trabalhar só quando eu quiser”. Porém, o empreendedor precisa trabalhar muito mais do que um empregado, simplesmente porque ele corre um grande risco se não o fizer.

A vontade de trabalhar é colocada em check por motivos maiores do que acordar pela manhã com chuva e frio. O crescimento lento, as dívidas, as preocupações e a pressão causam um intenso desânimo.

Esses desafios, causam emoções como culpa, raiva, angústia e até desespero. Por isso, alguns empreendedores pensam em desistir por diversas vezes.

Quando essa intensidade não é controlada, o empreendedor pode colocar seus sentimentos acima das obrigações. Assim, ele espera um momento de calmaria para exercer um bom trabalho.

Com ou sem vontade, com ou sem energia, o empreendedor precisa estar ativo, Os desafios não devem ser tão fortes a ponto de impedir que ele visualize suas metas e lute por elas.

 

Há 29 dias atrás
Facebook Twitter YouTube LinkedIn Instagram